fbpx

Clubes aprovam VAR no Brasileiro e rejeitam limite para troca de técnico Além disso, o conselho técnico aprovou o limite de 45 inscritos por cada clube na competição

Os 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro estiveram reunidos na tarde desta sexta-feira (20), na sede da entidade, no Rio de Janeiro, para a reunião do Conselho Técnico da competição. Entra as pautas apresentadas pela CBF estavam o uso do VAR e a limitação nas trocas de treinadores. Porém nem todas as propostas foram aceitas.

20190222170606_113

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A maioria dos clubes recusaram a proposta da CBF para limitar a troca de técnicos. Os dirigentes entendem ser necessário definir melhor o critério de demissão que seria levado em conta. Como proceder em caso de demissões por justa causa foi um problema levantado pelos clubes. Houve ainda uma demanda por um estudo mais aprofundado sobre a questão antes de determinar um teto para 2019.

Por outro lado, o uso do árbitro de vídeo foi aprovado de forma unânime. A CBF resolveu bancar os custos com tecnologia e infraestrutura, cabendo aos clubes apenas o pagamento das despesas com o capital humano, como ocorre, tradicionalmente, com as equipes de arbitragem.

Além disso, o conselho técnico aprovou o limite de 45 inscritos por cada clube na competição, além de jogadores da base. E a criação da Supercopa do Brasil, disputada entre o vencedor do Brasileirão e o campeão da Copa do Brasil em jogo único, na abertura da temporada a partir de 2020.

 

Comentários